domingo, 19 de maio de 2019

Afinal quem eu sou?

Afinal, quem eu sou? Sou anjo ou seu amor? Tenho asas? Anjos protegem, cuidam, aparecem invisíveis, humanos também quando amam, quero dizer que já não importa, saber de onde vem, se tudo que sou é amor, mas se ainda assim quiser voar, te apresento as estrelas, te mostro outros alados, Deus, a vida celeste, até voltarmos para casa, mais uma vez, humanos, nos amarmos, até morrermos, para dizer que é seu o anel, sou seu amor na Terra, e seu Anjo no céu!
Saulo Fernandes