sábado, 1 de junho de 2019

Não sou de vidro!

Não sou de vidro,
mas que quebro fácil.
Ninguém percebe os estilhaços,
porque é para o lado de dentro que
se espalham todos os cacos